Bolsa Família 2018

Nas últimas duas décadas, o governo federal vem instituindo diversos programas sociais, que têm contribuído para a redução dos índices de pobreza e funcionam como rede de proteção para períodos de dificuldade econômica, como este que estamos atravessando agora. Um desses programa é o Bolsa Família 2018.

O Programa Bolsa Família foi instituído pela Lei 10.836, de 9 de janeiro de 2004. A coordenação do programa está a cargo do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) do Governo Federal. A seguir confira todas as informações sobre o maior programa social do Brasil.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

Podem participar do Bolsa Família 2018, as famílias em situação de extrema pobreza, ou famílias consideradas pobres.

Bolsa Família 2018


Benefício Básico – É de R$85,00 por grupo familiar. Para ter direito a esse benefício, é necessário ter renda familiar média de R$85,00 por pessoa.


Benefícios Variáveis – O primeiro, de R$ 39,00, beneficia as crianças de 0 a 15 anos; gestantes, em 9 parcelas, pagas mesmo em caso de aborto espontâneo antes do final da gestação; e mães que amamentam, pelo período em que a criança tem de zero a 6 meses.


Benefício Variável Jovem – Os jovens são beneficiados com um pagamento de R$45,00 por adolescente cadastrado no grupo familiar, sendo possível cadastrar até dois jovens por grupo familiar. Considera-se como adolescente quem tem entre 16 e 17 anos de idade.

Porém, atenção: só é possível acumular dois benefícios variáveis para jovens e cinco benefícios variáveis (seja para crianças de 0 a 15 anos, gestantes ou nutrizes). Dessa forma, cada grupo familiar poderá receber, mensalmente, até R$ 372,00 com os benefícios variáveis, mais os R$ 85,00 em caso de famílias em situação de pobreza.


Benefício para Superação da Extrema Pobreza – Para ter direito à Bolsa Família, o grupo familiar precisa se enquadrar no chamado grupo de pobreza, em que a renda da família cadastrada não pode ultrapassar a média de R$170,00 por pessoa, incluindo crianças e adolescentes.


  • Requisitos para receber o Bolsa Família

Como o programa foi concebido para funcionar como uma promoção da família, os beneficiários, para continuar participando do programa, precisam cumprir algumas exigências:

  • Acompanhamento da saúde,
  • Pré-natal,
  • Estado nutricional de todos os integrantes da família;
  • Assistência ao pré-natal e ao recém-nascido e vacinação de crianças menores de sete anos;
  • Matrícula no ensino fundamental
  • Frequência de 85% à escola de todas as crianças em idade escolar;
  • Participação em programas de educação alimentar;
  • Manter atualizado o seu cadastro na Prefeitura.

Como se cadastrar no Bolsa Família

Para se cadastrar no programa, basta comparecer à Prefeitura de seu município ou outro órgão equivalente que seja responsável pelo cadastramento na sua cidade, levando documentos de identidade e CPF de todos os membros do grupo familiar, além de comprovante de matrícula de crianças e adolescentes do seu grupo familiar.

Bolsa Família 2018

  • Acesse o site www.cadastrounico.caixa.gov.br;
  • Digite seu E-mail;
  • Preencha com sua Senha;
  • Clique em “Confirmar”.

Calendário Bolsa Família 2018

Os beneficiários têm dias certos para fazer o saque e por isso precisam ficar atentos ao Bolsa Família calendário. Os pagamentos que não forem sacados em até 90 dias da data serão dados como perdidos.

Calendário Bolsa Família 2018

Todos os anos o calendário do Bolsa Família é atualizado pela Caixa Econômica Federal e, na maioria dos casos, o pagamento é liberado na segunda metade de cada mês, com alternância de dia, de acordo com o último dígito do cartão do benefício.

A diferenciação de datas do calendário Bolsa Família 2018 foi adotada para evitar transtornos nos dias de pagamento, com o grande afluxo de pessoas. Entre os dias 15 e 30 de cada mês os pagamentos são liberados, iniciando-se com o final 1 e terminando no final 0 do cartão de benefício.

Consulta Bolsa Família

As pessoas podem consultar o valor Bolsa Família através do Aplicativo para smartphones (disponível gratuitamente para as principais plataformas de celulares), nas Agências da Caixa Econômica Federal ou pela internet pelo Portal do Cidadão Caixa.

Siga o tutorial abaixo para realizar consulta Bolsa Família 2018:

Bolsa Família 2018

Como receber o Bolsa Família 2018

O pagamento do Bolsa Família é feito por cartão magnético, fornecido pela Caixa Econômica Federal, com o nome do responsável da família.

Para sacar, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, posto de atendimento da Caixa, lotérica ou caixa eletrônico da CEF com o cartão do Bolsa Família e um documento de identidade.

Uma outra opção para receber o Bolsa Família é abrir uma Poupança Caixa Fácil. Assim, sempre que o benefício for pago, o valor será creditado diretamente na conta poupança do beneficiário, seguindo as datas estabelecidas pelo calendário Bolsa Família 2018.


  • Conclusão

O Bolsa Família pode ser considerado o maior programa de distribuição de renda do Brasil e contribuiu para tirar milhões de pessoas da linha da miséria absoluta, aquecendo o mercado interno e fortalecendo as noções de cidadania.

Caso ainda tenha dúvidas sobre o calendário Bolsa Família 2018, deixe seu comentário logo abaixo que iremos responder assim que possível. Boa sorte!